4 boas práticas para melhorar a gestão de contas da sua empresa

4 boas práticas para melhorar a gestão de contas da sua empresa

Grande parte das empresas nacionais não resiste à alta carga de impostos brasileiros e toda a burocracia que envolve os trâmites do dia a dia. Se em um ambiente seguro e estável para empresas, o controle das contas tem que ser rigoroso, imagina em um cenário como o nosso?

Por isso, executar uma gestão de contas é primordial, pois ela direciona os pagamentos prioritários, mantém em dia os compromissos financeiros, estipula limites para compras e determina estratégias de contenção de dispêndios.

Como você já deve saber, as contas afetam todos os setores de uma empresa, desde a área de recursos humanos, passando pela fiscal, produção e setor de vendas. As despesas estão além do fluxo de caixa, embora a organização desse último seja recomendado, como você verá abaixo nas 4 boas práticas para melhorar a gestão de contas da sua empresa. Confira!

1. Conheça seu fluxo de caixa

Fluxo de caixa é o resultado das operações de dinheiro recebido e gasto ou vice-versa. Esse montante é estabelecido em um determinado tempo, como o fluxo de caixa do dia, do mês, semestre ou ano.

Parece inacreditável, mas uma boa parcela das empresas não conhece o seu fluxo de caixa. Ou seja, não detém os números exatos do quanto entra ou sai dos seus cofres. Logo, o primeiro passo para quem deseja otimizar as contas é organizar e contabilizar a entrada e saída de dinheiro.

2. Separe despesas pessoais das empresariais

Se a ideia é ter controle financeiro e organizar o seu fluxo de caixa, estabeleça uma separação clara entre débitos pessoais e os da empresa. Afinal, o hábito de misturar tudo prejudica o gerenciamento das contas.

Para isso, inclua na gestão de contas um pró-labore para você. Ele pode até ser variável de acordo com o faturamento da organização, mas deve ter um percentual fixo. O grande engano nos empresários é pensar que todo o dinheiro que entra é seu. Na verdade, apenas uma pequena parcela lhe pertence, todo o resto é para manter o funcionamento do negócio.

3. Automatize os processos

Algumas soluções tecnológicas podem salvar as suas contas. Já pensou em ter controle absoluto sobre todas as operações telecom, sobre a folha, compras, fornecedores e outras áreas dispendiosas?

Hoje em dia isso é perfeitamente comum e não gera altos custos para a companhia. Ao contrário, as ferramentas tecnológicas podem até reduzir a mão de obra responsável pelas contas e garantir a lisura das transações. Mas lembre-se: na hora de contratar um software ou consultoria, não busque somente pela implantação do serviço. Exija treinamento e suporte.

4. Negocie pagamentos

A gestão de contas não envolve somente as despesas internas, mas também leva em consideração os débitos dos clientes. A inadimplência pode arrasar qualquer orçamento, uma vez que o serviço já foi prestado ou o produto já deixou o estoque, porém o dinheiro não retornou para sua empresa.

Por conseguinte, invista em campanhas de renegociação e não perca de vista seus consumidores com dívidas. Outra via para gerir suas contas com sucesso é incentivar os pagamentos antecipados ou oferecer benefícios para aqueles que se adiantarem e quitarem suas contas.

Implantar uma gestão de contas é fundamental para preservar a sua empresa de complicações financeiras. Por meio dela, você vai controlar e distribuir o planejamento orçamentário com grandes chances de êxito nos seus negócios.

Gostou do texto? Compartilhe-o nas redes sociais e saiba o que seus amigos pensam sobre isso!

RSS
EMAIL
Facebook
GOOGLE
TWITTER
YOUTUBE
LinkedIn

Sobre o autor

altisblog administrator

Deixar uma resposta